A tradicional arquitetura japonesa, feita de um jeito moderno

Você já ouviu falar do arquiteto japonês Kengo Kuma? Bem, ele é conhecido por suas obras um pouco “radicais” e nas próximas semanas irei mostrar o trabalho dele. Para começar, uma obra mais “normal”, o Ginzan Onsen Fujiya.

Onsen, para quem não esta familiarizado com o termo, significa em japonês, águas termais. Muito famosos por aqui, os japoneses adoram se banhar nos onsens e praticamente escaldam seus corpos nesses locais que podem ser a céu aberto ou fechados.

Nas localidades onde existem nascentes, é comum que sejam criados estabelecimentos onde as pessoas podem tomar banho e até mesmo passar a noite, como um hotel ou pousada.

O arquiteto japonês Kengo Kuma foi chamado para renovar esta edificação de 4 andares chamada de Ginzan Onsen Fujiya, uma tradicional casa de banho em Yamagata.

Ele utilizou da tradicional arquitetura japonesa, mas com um toque de modernidade no projeto. Kuma manteve a fachada original do prédio, mas mudou toda a organização interior da pousada. No novo projeto ele criou um átrio com pé direito duplo com camadas de telas de bambu e vitrais personalizados.

A fachada ganhou janelas novas e maiores com brises verticais de bambus.

No átrio, uma delicada tela de bambu, feita com vãos de 4 milímetros, contorna todo o espaço. Kuma também incorporou nesse ambiente vitrais quase invisíveis, chamados de Dalle de Varre (usados primeiramente na Idade Média).

Os donos desta pousada, Atsuhi fuji e sua esposa americana Jeanie, são a motivação para esse projeto: um tributo moderno as longas e duráveis tradições japonesas. Jeanie, através de longos anos estudou e se esforçou para ser tornar uma okami (uma mulher dona de uma pousada japonesa).

Com um mobiliário minimalista, contrastando com o exterior tradicional, o arquiteto chama a atenção dos clientes com essa escada suspensa que parece desafiar a gravidade. 

A pousada conta com 5 onsens privados, este da foto acima é cercado por paredes de estacas de bambu.

Kengo kuma utiliza da luz natural tanto quanto for possível e neste projeto não foi diferente. Através de janelas de madeira com shoji (telas de papel), a luz entra com facilidade no ambiente.

Acima uma banheira de madeira cipreste, muito tradicional no Japão, chamada de Hinoki.

Após um banho quente, nada melhor do que descansar em um tradicional, porém moderno, quarto japonês não é mesmo?

Fonte: Remodelista.com

 

↓↓↓  Não esqueça de classificar este post!!!

About these ads

7 responses to “A tradicional arquitetura japonesa, feita de um jeito moderno

  1. The Wall is truly magnificent! Just don’t visit on the coldset day in winter like I did. The only other visitors that day were 3 hardy Russians who already warmed up on vodka at 10 in the morning. Wish I could return to see the villas.

  2. This villa designed by arichtect Kengo Kuma, is simply a feast for the eyes.Views of the Great Wall and the surrounding landscape is like getting lost in another world.

  3. Pingback: 10 casas japonesas extraordinárias! | Arquitete suas Ideias·

  4. Pingback: O piso mágico para sua casa | Arquitete suas Ideias·

  5. Pingback: A maior estrutura de madeira do mundo | Arquitete suas Ideias·

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s